Nuno Félix da Costa, Relatório sobre o que acontece, Portugal

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Relatório sobre o que acontece

crónicas sobre o que acontece ou o que parece acontecer

Relatório sobre o que acontece

crónicas sobre o que acontece ou o que parece acontecer

A RAZÃO DA GUERRA  

Quem decidiu a guerra que razões ignorou? Na espessura do passado, o hino frio sobre os voos que originaram a pátria?, o labirinto de liturgias que as razões já não servem perdidas numa rude teia de solidariedades?, o poema de um poema que deturpa? O lastro dos golpes oculta o princípio – o formigueiro de heróis desarrumados à espera de vez nas páginas da história. Que incertezas o furor da certeza alimenta? A indústria põe as armas, as armas impõem o ódio. Em cada um, a abissal memória de um soberano – e um desfecho – amnésico. Nas margens do pensamento esfumam-se os sistemas de reforço, preenchem-se de epopeias plagiadas – de hieroglíficos espelhos de uma alma total. Falávamos da razão da luta? Num inconsciente sem espelhos como surdem os impraticáveis consensos?