Nuno Félix da Costa, Relatório sobre o que acontece, Portugal

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Relatório sobre o que acontece

crónicas sobre o que acontece ou o que parece acontecer

Relatório sobre o que acontece

crónicas sobre o que acontece ou o que parece acontecer

PARA UMA TEORIA DO ALCOOLISMO  

Mesmo nos bêbedos mantém-se a diversidade dos comportamentos na forma de iludir o entorpecimento. Como um toureiro se veste de dourado para desafiar a sorte, o bêbedo: 1) cambaleia vários passos antes de tombar, 2) podendo ser espezinhado por outros bêbedos inadvertidamente, 3) ou ajudado a manter-se de pé por um outro bêbedo até ambos caírem, e, 4) serem espezinhados por outros bêbedos, ou 5) expulsos da taberna como exemplo para que os outros bêbedos não percam também a verticalidade; 6) em alguns, a bebedeira é um crepúsculo cerebral ora furioso ora passadista, 7) ora acontece na solidão de uma rua deserta, nem um cão nem um eco, 8) ora se cola a vítimas que acham trágica a narrativa desconjuntado do bêbedo; 9) são os ingénuos da ingenuidade da palavra para quem o bêbedo é um reduto de sinceridade, um paradigma da comunicação intacta dos sentimentos em estado bruto ou não lapidado pelo medo e pela conveniência; 10) quando os sentimentos de um bêbedo são como a sua caricatura com o cérebro mais ou menos decepado; 11) quando a profundidade da bebedeira atinge a expressão anencefálica (todos os neurónios inebriados na vertigem de uma existência facilitada ao máximo) o bêbedo adopta a posição intemporal dos que confiam: deitado, espera a ressurreição que, sem grande mérito, ocorrerá (sonolento ou em coma, na rua, num qualquer canto; na própria cama, os precavidos); 12) podemos, assim, concluir que da diversidade inicial da bebedeira, a clivagem simples entre os de bom vinho e os de mau vinho, mas também, os detalhes folclóricos que levam o bêbedo a beber, se vão afunilando à medida que mais álcool perfuma o cérebro e que, assim, 13) a bebedeira é um processo autolimitado pelo atordoamento que o limita, 14) que tanto pode ser recomeçado diariamente, embora a diversidade habitual no início da carreira dê lugar a uma rotina desengraçada, como, 15) pode ser interrompido por uma misericórdia íntima chamada «fígado» (já com cirrose ou para que se detenha no seu caminho). Não existe nenhuma teoria do álcool fora desta vertigem do entorpecimento.